Flamengo prepara investida por Renato Gaúcho


 Desde julho de 2020, quando Jorge Jesus deu adeus ao Flamengo, a equipe não tem segurança em um treinador. A primeira aposta foi Domènec Torrent, que não atingiu as expectativas. Hoje, o Mais Querido conta com Rogério Ceni no comando. Porém, o ex-goleiro já não é mais uma unanimidade. Inclusive, nos bastidores, o Rubro-Negro já prepara uma estratégia para ir atrás de Renato Gaúcho, atual técnico do Grêmio.



Apesar de ser querido pelos jogadores, os resultados de Ceni têm incomodado e, mesmo com as semanas livres de treino, o Flamengo não consegue voltar a apresentar o nível esperado. Aliando isso a um ano que será decisivo na política rubro-negra, por conta da disputa eleitoral, a alta cúpula já cogita a mudança de treinador em fevereiro, após o fim do Brasileirão.

Vale lembrar, aliás, que não é novidade o nome de Renato Gaúcho ser cogitado na Gávea. No pleito eleitoral de 2018, Renato era a preferência das chapas de Rodolfo Landim e Ricardo Lomba, mas acabou seguindo no Grêmio. O treinador é dono de um dos trabalhos mais longevos do futebol brasileiro, à frente do Grêmio, onde conquistou Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017) e Recopa Sul-Americana (2018). Nesta temporada, aliás, ele está novamente na final da Copa do Brasil, no comando do Tricolor Gaúcho. O contrato do técnico com o Grêmio vai até fevereiro deste ano e ainda não há conversas para renovação, o que beneficia uma investida do Fla.

Enquanto isso, Ceni tenta evitar uma possível saída e mostrar resultados. Agora o treinador mira uma sequência de bons resultados nas 11 partidas que restam para findar a participação do Flamengo no Brasileirão. Seu contrato, firmado em novembro 2020, tem duração até dezembro deste ano.

Após a publicação da nota, a assessoria do CR Flamengo contatou a reportagem do Coluna do Fla e garantiu que não há interesse na contratação de Renato Gaúcho, afirmando que o técnico não está em pauta no Departamento de Futebol.

Fonte: Coluna do Fla